Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email as novidades da Associação.

Parceiros

Bio2.pt - Produtos Veterinários

TSE - Turismo da Serra da Estrela

Autenticação

topo_jornal

Alfredo Ferreira

Confiamos que o momento que estamos a viver poderá e deverá proporcionar condições para que os importantes problemas do Cão da Serra da Estrela possam ser debatidos e encontrar soluções.

A união, já anteriormente abordada, crucial para a valorização do Cão da Serra da Estrela, passa obrigatoriamente por um entendimento e uma saudável relação entre a APCSE e a LICRASE e no fortalecimento de ambas as Associações.

 A Mostra do Cão da Serra da Estrela, realizada com enorme sucesso na aldeia de Casteleiro, foi um magnífico indicador do ambiente saudável que estamos a viver. Com a maior naturalidade, no decorrer da conversa entre criadores e por sugestão do Sr. António Lourenço, sentiu-se a necessidade de fazer uma pequena reunião, realizada nas instalações da Junta de Freguesia, onde foram debatidos alguns problemas relacionados com a raça.

Esta reunião, onde estiveram sócios da APCSE, da LICRASE e criadores ainda não associados, decorreu no melhor e mais prometedor ambiente.

Acreditamos que os frutos desta saudável relação serão visíveis muito em breve.

 

Alfredo Ferreira
Presidente da APCSE

Dr. Luís Lima Lobo,
Hospital Veterinário do Porto
Tv. Silva Porto 174, 4250-475 Porto

This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

A cardiomiopatia dilatada é uma doença do miocárdio, caracterizada por uma dilatação e diminuição da capacidade de contracção do músculo cardíaco. É uma doença há muito tempo conhecida em medicina humana provocando uma grande taxa de morbilidade e mortalidade em pessoas, mas que também afecta o cão, com algumas características muito semelhantes àquelas observadas na cardiomiopatia humana.[...]

(Artigo Completo)

Maria Amélia Taborda
This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

O Clube Português de Canicultura realizou pela 1ª vez um Fórum para criadores denominado “Reprodução e Melhoramento Genético”, sob proposta de 2006, da Comissão Norte. Dividido em 4 Jornadas, para permitir uma logística mais cuidada, este Fórum percorreu várias zonas do país e um tempo mais espaçado, conseguindo assim uma adesão abrangente.  [...]

 

(Artigo completo)

Dra. Carla Cruz
This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

O Cão da Serra da Estrela, a raça canina nacional mais popular, tem duas variedades: Pêlo Comprido, hoje mais conhecida e usada sobretudo para guarda e companhia, e Pêlo Curto, mais rara e desde sempre usada principalmente na guarda de rebanhos. [...]

(Artigo Completo)

 

Cadernos de Dr. Parada Monteiro, Sócio Fundador e Honorário da Associação Portuguesa do Cão da Serra da Estrela.

 Dando continuidade ao trabalho iniciado nos números anteriores, o jornal da A.P.C.S.E.,  “O Cão", reedita neste número, o terceiro dos doze Cadernos da autoria do Dr. Parada Monteiro.

 

                                                                                                                                                             (Artigo Completo)

António Lourenço
Sócio Fundador e Honorário da A.P.C.S.E.

O Fenómeno da transumância dos gados e a importância do cão de guarda


Após a colheita dos milhos, os rebanhos (ovelhas e cabras), que antes abundavam nas faldas da Serra da Estrela, eram apascentados nas pastagens de terrenos onde, a par do cultivo do milho, também se criava a erva, que era o seu principal alimento. Estes terrenos, de pequenas dimensões, - os lameiros - localizavam-se junto das correntes de água, as ribeiras, ou em zonas onde ela facilmente podia chegar. Eram muito férteis, porque para além de serem muito irrigados pelas águas que corriam em abundância por aquelas ribeiras e levadas, também eram fortemente adubados.  [...]

(Artigo Completo)

Talitha Luneau


Somos um casal holandês que emigrou para Portugal em Novembro de 2006. Já na Holanda pensávamos que era bom termos um cão da Serra da Estrela, mas não tínhamos o espaço para um cão tão grande. Acabámos por ter duas cadelas, irmãs, duma mistura de raças suíças. Elas vierem connosco para Portugal com 11 anos de idade. [...]

(Artigo Completo)

Paiva Inácio

Muito se fala do nosso Serra da Estrela e torna-se difícil, às vezes, distinguir entre a verdade, a lenda e a tradição.

                                                                                                                                            
(Artigo Completo)

As suas várias aptidões estão ainda por explorar

Teresa Azevedo Gomes

No seguimento do meu 1º artigo e como vos prometi julgo ter chegado um bom momento
para falar das suas variadas e ainda inexploradas aptidões. Com o conhecimento que tenho
deste cão apercebi-me de muitas das suas capacidades, umas já reconhecidas por alguns mas
muitas outras ainda por explorar.
No seguimento do meu 1º artigo e como vos prometi julgo ter chegado um bom momento para falar das suas variadas e ainda inexploradas aptidões. Com o conhecimento que tenho deste cão apercebi-me de muitas das suas capacidades, umas já reconhecidas por alguns mas muitas outras ainda por explorar. [...]

 

Dr. António Marques

No passado dia 2 de Maio, mais de uma dúzia de exemplares marcaram presença numa
mostra do Cão da Serra da Estrela, organizada pela  Junta de Freguesia de Casteleiro, e
integrada na Festa da Caça que decorreu durante o fim-de-semana naquela aldeia do concelho
do Sabugal.

 

No passado dia 2 de Maio, mais de uma dúzia de exemplares marcaram presença numa mostra do Cão da Serra da Estrela, organizada pela  Junta de Freguesia de Casteleiro, e integrada na Festa da Caça que decorreu durante o fim-de-semana naquela aldeia do concelho do Sabugal. [...]

(Artigo Completo)

 

Cindy Martishius
POP Chair
EMDAA President 
TrailsEnd Estrela

Hello!!

I was very honored to be asked to submit something for the newsletter. I would to share news of The Parade of Portugal with you.

We are adding breeds to the show as they become fully accepted by the United Kennel Club.

This year our addition is the Castro Laboreiro!  There are very few in the States right now, so we would be really happy if a couple attended the show.

The POP '10 committee would like to thank Quinta do Pasto for all their help securing our judges.  Nanci has been a tremendous help.

On a different note, the breed has slowly but surely grown in numbers over here.

We have had over 6 imports in the last six months.  Sadly as our numbers grow little by little, so do our rescues.  The Club has been contacted by two people with Estrela that needed rescue.  On a happy note, both Estrela found great homes without the club having to step in.

I hope this finds you all well.  I enjoyed reading most of the articles on the newsletter.

Thanks for reading.

(Parade of Portugal)

O nosso Sócio Honorário Dr. Jerónimo Augusto, primeiro Presidente da Associação Portuguesa do Cão da Serra da Estrela, irá editar até final do ano um novo livro sobre o Cão da Serra da Estrela.

O primeiro livro, “O Cão da Serra da Estrela”, é uma das obras mais importantes da canicultura portuguesa, sendo esta segunda obra um trabalho ainda mais profundo, enriquecido com uma forte presença do Cão de pêlo curto e um vasto levantamento fotográfico.

Este trabalho em edição bilingue, português e inglês, será claramente um enorme contributo para a divulgação e promoção da raça além fronteiras.

A Apresentação, no livro, é feita pelo nosso Sócio Honorário Dr. Parada Monteiro.

A edição desta obra terá, entre outros, o apoio da Associação Portuguesa do Cão da Serra da Estrela.

Contamos publicar, na próxima edição do nosso Jornal “O Cão”, o resultado de uma entrevista com o nosso Sócio Honorário Sr. Pedro Ramos Ferreira, conhecido na canicultura como Sr. Pedro da Covilhã que contou com a importante ajuda do também Sócio Honorário Sr. António Lourenço.

Nesta entrevista poderemos perceber a situação e o trabalho desenvolvido algumas décadas a trás na recuperação do Cão da Serra da Estrela e o valioso contributo do Sr. Pedro da Covilhã.

Com o objectivo de divulgar, fomentar e valorizar a raça do Cão da Serra da Estrela, foi constituída notarialmente no passado dia 21, na cidade da Covilhã, a Confraria do Cão Serra da Estrela,

A Confraria do Cão da Serra da Estrela, que terá a sua sede na Aldeia Histórica de Sortelha, localizada na região de turismo da Serra da Estrela, é uma associação de convergência de amigos, criadores, clubes, associações e outras entidades ou individualidades relacionadas com a raça, no intuito da sua valorização histórica, patrimonial, cultural, social e lúdica e não se assume como entidade representativa da raça, estando-lhe vedada essa função junto das entidades oficiais do sector.

A Confraria, no âmbito da sua actividade, deverá apoiar e colaborar com todas as associações e clubes da raça espalhadas pelo mundo e, muito concretamente em Portugal, a Associação Portuguesa do Cão da Serra da Estrela (APCSE) e a Liga dos Criadores e Amigos do Cão Da Serra da Estrela (LICRASE).

Para a prossecução dos seus fins, a Confraria irá colaborar com os clubes da raça na organização de congressos, conferências, seminários ou outras iniciativas de carácter científico, pedagógico, cultural e lúdico que, de algum modo, possam concorrer para um melhor conhecimento, protecção, divulgação ou aproveitamento do Cão da Serra da Estrela.

This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Aguardamos a vossa participação!

Para este email poderão enviar dúvidas específicas sobre questões de âmbito veterinário (Consultório Veterinário) ou genéricas sobre canicultura (ABC... do Cão da Serra da Estrela).

A Área da Saúde será coordenada pelo Prof. Doutor Mário Ginja.

As respostas às questões colocadas serão publicadas em próximas edições do nosso jornal, na rubrica Consultório d’ O Cão.